facebook-2048-black_pqn1.png
YouTube-logo-dark_pqn1.png

Apresentação

A Associação de Defesa do Meio Ambiente e Desenvolvimento de Antonina (ADEMADAN),  o Master Internacional Eco-polis da Universidade de Ferrara e  a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), em colaboração com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Paraná (SEMA), O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) realizarão o 1º Seminário Internacional de Qualidade Ambiental de Antonina: O Desafio do Desenvolvimento Local em Territórios Costeiros Ambientalmente Vulneráveis, no período de 24 a 28 de setembro de 2012 e, Workshop Internacional: Desenvolver territórios vulneráveis: sustentabilidade e ações integradas para o futuro de Antonina , no período de 24 de setembro a 21 de outubro do corrente ano, no qual os temas de pesquisa e trabalho têm como foco o Município de Antonina- PR – Brasil e o desafio do desenvolvimento local sustentável em um território costeiro ambientalmente vulnerável.

Organizações Promotoras

A Associação de Defesa do Meio Ambiente e Desenvolvimento de Antonina é uma ONG de Utilidade Pública, criada em 1997 que trabalha com projetos de geração de renda, gestão sócio-ambiental, gestão territorial de bacias hidrográficas, inicialmente pelo Programa CAD: Contaminantes Assoreamento e Dragagem no Estuário de Paranaguá e Educação Ambiental. A ADEMADAN possui um histórico de atividades envolvendo a organização de quatro Seminários Nacionais de Dragagem, formação de 2 turmas de Pós-graduação em Gestão Socio-Ambiental Portuária, publicação de três livros técnico-científicos sobre dragagem e gestão sócio-ambiental portuária. Atualmente participa do Programa Petrobrás Ambiental através do projeto de Recuperação de áreas degradadas em APPs por meio de adubação verde e plantio de mudas de espécies nativas produzidas em viveiro comunitário na Bacia do Rio Pequeno –Antonina-PR (RAPPs) e com a participação da população, instituições de ensino, governamentais e privadas e, realiza o Monitoramento Ambiental Comunitário de Áreas de Risco de Deslizamentos nos Morros Urbanos de Antonina (MACAR).

O Master Internacional Eco-polis da Universidade de Ferrara é um curso itinerante de formação avançada e interdisciplinar que tem como objetivo a transmissão de saberes e práticas inovadoras sobre a sustentabilidade e o desenvolvimento local, através da integração de uma vasta gama de conhecimentos. O Master possui uma história de 10 anos de atuação entre Itália e

América Latina e conta com o envolvimento de 9 Universidades (Università dela Calabria, Università di Sassari, Universidade Católica de Córdoba, Pontifícia Universidade Católica do Chile, Universidade da República Uruguai, etc), dentre elas a PUC-PR que é uma parceira de muitos anos. Em dez anos foram diplomados cerca de 180 estudantes, os quais a metade são provenientes do Brasil, Argentina, Chile, Colombia, México, Paraguai, Estados Unidos, Ruanda e Polônia. Nestes mesmos dez anos o Master realizou workshops em: Córdoba (ARG), Curitiba (BRA), Guaraqueçaba (BRA), Montevidéu (URU), Cidade do México (MEX), Valparaíso (CIL), Villarrica (CIL), Ilha de Páscoa (CIL), Suape (BRA), Maceió (BRA) e Maragogi (BRA). Portifólio da Universidade de Ferrara

workshop Internacional

O seminário e o workshop serão o ponto de convergência e continuidade do trabalho técnico-científico que a ADEMADAN realiza em nível regional/nacional integrado com o trabalho técnico-científico realizado pelo Master Eco-polis (Universidade de Ferrara) em nível internacional, aplicados na região litorânea do Paraná, tendo Antonina como município piloto.

Ecopolis Antonina

Conheça todo o Ecopolis Antonina

GRUPOS DE TRABALHO

Diversificação Econômica

Para discutir o desenvolvimento e Sustentabilidade associados ao alto grau de vulnerabilidade de territórios como Antonina, deve ser considerado a diversidade da economia local . Esta diversidade é o grande indicador para compreendermos quais as reais prioridades de investimento e estudo, integrando também análise das diretrizes para o crescimento ecologicamente equilibrado.

Planejamento Urbano e Vulnerabilidade Ambiental

Para o bom funcionamento de uma cidade o Planejamento deve considerar todas as formas que venham a caracterizar risco para a permanência da população em um território. Considerando os eventos geográficos de vulnerabilidade em um município, o debate é o melhor caminho para a elaboração de propostas que integrem o crescimento urbano com qualidade de vida para seus integrantes

Vocação Portuária do Município

Antonina, localizada no Complexo Estuarino de Paranguá – CEP, agrega o setor portuário como ativo da economia. Assim deve existir uma análise crítica e estrutural do tema, elencando as interferências sociais e ambientais do empreendimento, levando em consideração as perspectivas da qualidade ambiental para as presentes e futuras gerações.

Patrimônio Natural e Cultural

Os aspectos naturais e culturais participam ativamente no processo de desenvolvimento global, portanto a consideração destes aspectos no debate é fundamento imprescindível para a criação de políticas públicas de desenvolvimento territorial

PROJETOS E RESULTADOS

A partir de uma leitura integrada realizada ao longo do I Seminário Internacional de qualidade Ambiental, sobre o município de Antonina (Litoral Norte do Estado do Paraná) o workshop se propôs a analisar as principais linhas estratégicas delineadas, fragilidades e potencialidades acerca da região e elaborar projetos pilotos para suprir de forma sustentada o desenvolvimento local e propiciar as suas diversas áreas de acesso, embasamento para políticas públicas no enfrentamento aos problemas verificados pelos seminaristas. A elaboração dos projeto integrou professores, pesquisadores e alunos de diversas instituições, dentre elas: comunidade local, Associação de Defesa do Meio Ambiente e do Desenvolvimento de Antonina – ADEMADAN,  Universidade de Bologna – Itália, Universidade de Ferrara (Itália), e Mestrado Internacional Master Eco-polis (mestrandos 2012).

Clique e confira tudo sobre o Ecopolis Antonina.